domingo, 16 de setembro de 2018

Polenta (angu) cremosa com ragu de cogumelo, ovo mole e agrião


Ingredientes polenta (para duas pessoas)
  • 2 dentes de alho grandes
  • 2 folhas de louro
  • 1 parte de farinha de milho para 4 partes de água (nesse caso pode contar 2 copos de farinha, para 8 de água)
Ingredientes ragu de cogumelos (para duas pessoas)
  • uns 6 cogumelos grandes, fresco não lavado, jamais em conserva (vale o Paris ou o shitake)
  • nirá (cebolinha japonesa)
  • shoyu (uma colher de sopa)
  • manteiga (1 colher de sopa)
  • ½ copo de sakê (ou vinho branco suave)
  • Ovos (eu tinha só dois caipirinhas, mas pode por mais)
  • Flor de sal (frescuras de meu deus, se não tiver, vai de sal comum mesmo)
MODO DE PREPARO
  1. Aqueça a água e coloque um pouco de sal, o alho e o louro. Assim que ferver, abaixa o fogo e acrescente a farinha de milho aos poucos, sem parar de mexer com o batedor, para não empelotar. Como a ideia é que fique cremosa, vá controlando a consistência. Deve ficar pesada, mas ainda fluida.
  2. Quando eu fiz a reportagem sobre polenta, uns dos ensinamentos do chef Sauro era que polenta exige cozimento longo, porque há de de se cozinhar bem a farinha. Coisa de horas, mexendo sem parar. Daí o termo “braço de polenteira”. Mas com a modernidade, eu encontrei essa farinha acima, de uma marca que eu confio, que já é pré-cozida e promete chegar ao ponto em 2 minutos. E sim, funciona. Não é jabá, é dica mesmo. Acerte o sal e tente manter a polenta quente para não endurecer. Vá para o ragu.
  3. Tire os talos dos cogumelos e limpe-os com uma escovinha ou papel toalha. Como dar uma fritada neles, não se deve molhar. Cogumelos são esponjas, absorvem água e ficam molengas quando molhados. Corte em fatias. Reserve.
  4. Minha mãe chamava de alho de folha e diz que foi uma das coisas que ela mais comeu quando estava grávida de mim. É cultivando como medicamento antiviral e antimicrobiano. Há três versões: branco, o verde e o verde com botões florais. Você já deve ter encontrado com ele no yakissoba e no guioza. 
  5. Frite-os na manteiga. Quando estiverem douradinhos, acrescente o shoyu, o sakê e o nirá picado. Reserve.
  6. Coloque o ragu de cogumelos. Veja como o ovo vai cozinhando. Sobre tudo, coloque as folhas soltas do agrião e salpique lascas de parmesão. Se preferir um ovo mais firme, tampe a panela e deixe cozinhar um pouco mais. Caso contrário, salpique o sal e a pimenta sobre os ovos e pode servir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário