segunda-feira, 3 de setembro de 2018

LIDAR COM ALIMENTOS VENCIDOS?


COMO LIDAR COM ALIMENTOS VENCIDOS?

Aquele alimento que estava dentro do armário estragou? O cheiro daquele ingrediente estava estranho quando você foi utilizar na receita? E agora, o que fazer? Como descartar? Calma, querido cozinheiro. A gente selecionou umas dicas pra te ajudar a botar ordem na cozinha!

Nada é mais triste que começar a fazer uma receita e ver que algum (ou alguns) dos ingredientes para realizá-la está vencido. Se um fungo ou bactéria já deixam o alimento com uma aparência estragada, um gosto alterado e um cheirinho desagradável, imagina o que eles podem fazer dentro do seu corpo? A ingestão de comida estragada pode levar a doenças causadas pela infecção e intoxicação alimentar.

Para evitar o desperdício e mostrar como conservar esses ingredientes, a gente te dá algumas dicas. Confira!

Sabemos o quanto dói descartar um alimento, então a primeira lição que queremos deixar é: compre e use com sabedoria os ingredientes, sempre olhando o prazo de validade, o que por si só evita o desperdício de alimentos.

Outra lição clássica é sempre procurar conservar os alimentos em potes bem fechados e limpos; e, não menos importante, a lição três é: se passou da validade e você já está entrando em pânico com tanto ingrediente vencido na sua cozinha, não se preocupe! A gente separou algumas dicas pra te ajudar a botar ordem na casa e terminar o mês com tudo no seu devido lugar por meio do descarte correto dos alimentos, sem prejudicar você, seus vizinhos e o meio ambiente.

– Farinha: o que seria de nós se não fosse a farinha pra fazer aquela pizza no final de semana e outras delícias mais? Pois é, nessas ocasiões e em tantas outras, a farinha está presente e a boa notícia é que seu prazo de validade é bem extenso. Mesmo assim, é sempre bom ficar atento à eficácia do uso desse ingrediente, pois as leveduras presentes nela podem acabar não exercendo sua função perfeitamente com o passar do tempo, impedindo que as massas cresçam, ou acabem crescendo com falhas – e o bonito mesmo de uma receita é ver que ela cresceu toda bonita e uniforme, não concorda?

– Óleo de cozinha: Como usamos com tanta frequência, o ideal é que o óleo de cozinha utilizado seja constantemente renovado, descartando o óleo “sujo”, utilizado em receitas anteriores. O problema é que se ele não for descartado corretamente, pode causar entupimento nas pias, ou até mesmo provocar a morte de peixes quando despejados em rios, pois o óleo possui propriedades que impedem a troca de gases entre a água e a atmosfera. Por isso, o recomendável é que você coloque o “óleo velho” dentro de embalagens de plástico ou vidro, e depois o entregue aos postos de reciclagem da sua cidade, contribuindo assim para o meio ambiente.

– Ovos: os ovos, nossos companheiros de tantas receitas, aguentam um bom tempo quando colocados dentro da geladeira, podendo estender seu prazo em até 1 semana! Mas é bom lembrar que a geladeira não é a super heroína que vai resolver todos os problemas e te proteger de todos os males causados pela infecção alimentar. Por isso, vale a pena até deixa-los na parte superior da geladeira, lugar que a refrigeração maior do que na porta – onde costumam vir espaços especialmente dedicados aos ovos. #DicaPraVida: para ver se o ovo não está estragado sem quebrá-lo, você pode colocá-los dentro de uma bacia com água até que os cubram – se eles boiarem, estão estragados; se permanecerem no fundo e na horizontal, estão bons para serem utilizados. Aí é só selecionar os ovos que estão frescos e escolher a receita do seu omelete!

– Carnes: vamos ser bem sinceros: não é nada – nada – bom ingerir carnes após sua data de validade. Sobrou aquela carne do churrasco de 1 mês atrás, olhou a embalagem e viu que já passou da data? Então mãos ao alto que isso pode ser um vilão pra sua saúde. Carne boa é carne fresca, então não vale a pena arriscar sua saúde por um alimento que, além de não ficar saboroso, vai estar com uma textura estranha e dar um trabalhão pro seu organismo se recuperar.

– Verduras: chegou o final de ano e quer apostar nos pratos coloridos e nutritivos das saladas para as festividades? É uma ótima ideia apostar nas verduras, melhor ainda se for adotada o ano todo. Mas muitas pessoas acabam se empolgando na hora de montar os pratos e acabam fazendo além da quantidade. Sendo assim, não se preocupe. Se as verduras não forem consumidas a tempo, elas podem virar compostagem, esta que é uma mistura nutritiva para ser colocada na terra por garantir que as plantas cresçam fortes e bonitas.

– Leite: o leite é um dos ingredientes que podemos perceber mais facilmente se estão próprios pra uso ou não. A sua cor, aparência e cheiro se alteram por completo, se transformando em um líquido de cor amarelada e coalhado, além de um cheirinho bem desagradável. Porém, se ainda assim não tiver certeza, o sabor azedo não te deixará dúvidas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário